Polícia Civil prende em Codó, homem investigado pela morte de funcionário de Companhia Elétrica Pernambucana

Um homem foi preso na última quarta-feira (14), pela Polícia Civil do Maranhão, pelos crimes de falsa identidade e posse de arma de fogo ou munição de uso permitido em um povoado da cidade de Codó. A prisão foi por meio de um mandado de prisão preventiva, sendo executado por uma equipe do Grupo de Pronto Emprego (GPE) da 4ª Delegacia Regional de Codó.

Na ocasião do cumprimento de mandado de prisão, o preso se apresentou com nome falso, porém durante uma busca domiciliar, foram encontrados diversos documentos com indícios de falsidade e 10 munições de calibre 38. Além disso, cerca de 10 mil reais em espécie foram apreendidos, que ainda será apurado a sua origem.

A Polícia Civil do Maranhão recebeu informações da Polícia Civil Pernambucana que o preso é investigado por um homicídio, praticado em Limoeiro, contra um funcionário da empresa CELPE, companhia elétrica do estado. A autoridade policial pernambucana informou que o investigado estaria na região de Codó. Após a lavratura do auto, o preso será encaminhado à UPR de Codó, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.