Vereadora Leda Torres solicita obras para Infraestrutura e Iluminação Pública em bairros de Codó

Em sua participação na 8ª Sessão da Câmara Municipal de Codó, realizada na última terça-feira (09) a vereadora Leda Torres apresentou três importantes Indicações, direcionadas às áreas da infraestrutura, reforma de espaços públicos e serviços de iluminação pública. Por meio da Indicação Nº 87/2024, a vereadora solicitou ao prefeito, junto ao Departamento Municipal de Iluminação Pública, em caráter de urgência, reparos na iluminação pública da Rua Brasil, localizada no Bairro São Raimundo, na região da Trizidela.

Através da Indicação Nº 88/2024, a parlamentar solicitou ao Executivo, juntamente ao secretário municipal de Infraestrutura, em caráter de urgência, a reforma completa da Quadra de Esporte do Bairro São Vicente Pallotti. E pela Indicação Nº 89/2024, solicitou ao governo municipal, junto ao secretário municipal de Infraestrutura, também em caráter de urgência, a operação tapa-buracos na Avenida Cristóvão Colombo, na Trizidela.

“A primeira Indicação é que os moradores da região da Rua Brasil, na Trizidela, têm nos relatado a insegurança causada pela falta de iluminação adequada. É nosso dever como representantes do povo cobrar ações efetivas do poder público para solucionar esse problema. A segunda Indicação é a reforma da quadra de esportes do bairro São Vicente Pallotti, pois a atividade física, o esporte é indispensável para a juventude e a comunidade em geral. Então, é de grande importância à recuperação da reforma da quadra esportiva acima mencionada. A terceira Indicação, solicitei também a manutenção no asfalto da Avenida Cristóvão Colombo, que além de ser uma via com grande movimento de veículos, é a principal avenida de ligação para a Trizidela. A via está muito densificada e necessita da operação tapa-buracos. A operação tapa-buracos não só garantirá a fluidez do tráfego, mas também contribuirá para a segurança dos pedestres”, concluiu a vereadora Leda Torres.

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou ao Tribunal de Contas do Maranhão (TCE/MA) a realização de auditorias em 20 municípios do estado para verificação de possíveis fraudes nos números do Censo Escolar. O órgão ministerial apura a suposta inserção de dados falsos majorados relativa à quantidade de alunos matriculados na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), que teriam sido manipulados com a finalidade de obter repasses indevidos em recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Relatório da Controladoria Geral da União (CGU) aponta divergências na quantidade de matrículas informadas no Censo Escolar pelos municípios maranhenses em relação ao número de alunos efetivamente participantes na modalidade EJA, indicando um superdimensionamento supostamente proposital dos números com a finalidade de recebimento fraudulento de recursos do FUNDEB.

O MPF requereu ao TCE/MA a realização de auditorias em relação aos seguintes municípios maranhenses: Matões do Norte, Milagres do Maranhão, Pastos Bons, Água Doce do Maranhão, Aldeias Altas, Centro do Guilherme, Carolina, Santana do Maranhão, Afonso Cunha, Amapá do Maranhão, Magalhães de Almeida, Araguanã, Cândido Mendes, São Francisco do Maranhão, Lajeado Novo, Paulo Ramos, Pedro do Rosário, Coêlho Neto, Brejo e Turilândia.

Para o procurador da República Juraci Guimarães, Coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPF no Maranhão, “as informações apresentadas ao Censo Escolar por diversos municípios maranhenses contêm indícios de fraude, em especial com relação à população desses municípios comparando com outros do nordeste, bem como pelo crescimento abrupto de alunos na modalidade EJA, principalmente no período da pandemia. Essas discrepâncias tornaram necessária a realização de auditorias pelo Tribunal de Contas do Maranhão para a devida apuração, em cooperação com demais órgãos de controle, e, assim, reparar e conter o prejuízo ao patrimônio público e responsabilizar os agentes públicos e privados que aturam na prática da fraude.”

Fonte: Ministério Público Federal no Maranhão

Ivanilson Santos, popularmente conhecido como “Nenezinho”, foi brutalmente assassinado com 9 golpes de faca no povoado Montevidéu 1, próximo ao portal da entrada da cidade de Codó. A vítima, teve sua vida ceifada de forma trágica na noite desta terça-feira (9).

Uma guarnição do 17º BPM juntamente com a Polícia Civil iniciaram imediatamente as buscas na região. Denúncias recebidas pela Polícia Militar indicavam que o provável suspeito ainda estaria nas proximidades do local do crime, o que acionou um amplo trabalho de investigação para capturá-lo.

Segundo informações de testemunhas, a vítima tinha o costume de fazer pequenos furtos na região e estava no local desde o início da noite consumindo drogas.

A 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó investiga o caso.

Na noite desta terça-feira (9), um homem foi encontrado morto com diversas facadas pelo corpo no povoado Montevidéu 1, próximo ao portal da entrada da cidade de Codó. A vítima foi identificada como Ivanilson Santos, de aproximadamente 24 anos, conhecido como “Nenezinho”. Veja o vídeo no final da matéria.

Segundo informações preliminares, a vítima tinha o costume de fazer pequenos furtos na região e estava no local desde o início da noite consumindo drogas. A guarnição da Polícia Militar se deslocou até o local e constatou várias perfurações por arma branca no corpo da vítima.

Cabo Layana do 17º BPM informou que as investigações serão iniciadas para identificar o autor do crime e a motivação do assassinato. A perícia criminal foi acionada para realizar os procedimentos no local.

Ainda não há informações sobre o paradeiro do autor do crime.

Prezados produtores associados, o Maranhão caminha para a conquista do novo status sanitário de zona livre de febre aftosa, e para a validação do novo status sanitário do estado de zona livre de febre aftosa (sem vacinação), teremos uma última etapa de vacinação, que vai ser realizada até o dia 30 de abril de 2024, sendo conveniente informar que: diferente das campanhas anteriores, essa etapa de campanha não terá possibilidades de prorrogação de prazo.

A conquista do status de zona livre da doença sem vacinação vai possibilitar abertura de mercado para a cadeia produtiva do gado e de seus produtos e subprodutos. Portanto, é imprescindível que todos os produtores cumpram o prazo estabelecido e realizem a vacinação de seus rebanhos até o dia 30 de abril. Contamos com a colaboração de todos para garantir o cumprimento deste importante dever e para assegurar a saúde e bem-estar de nossos animais.

Atenciosamente

Idelfonso de Oliveira Barros, presidente da ACRIVI

Uma estudante de jornalismo de 29 anos, foi morta a golpes de faca, na madrugada desta terça-feira (09), no bairro Alto da Esperança, regiãio do Anjo da Guarda, em São Luís.

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, identificado como Jhonatan Santos de Sousa, que não aceitava o fim do relacionamento. Ele foi preso em flagrante ao lado do corpo da estudante.

De acordo com a Polícia Militar, o crime teria sido premeditado. Jhonatan pulou o muro da residência da vitima e enviou uma mensagem de whatsapp para a vítima. Ao abrir a porta de casa, ela teria sido surpreendida por ele e foi morta com um golpe na altura da garganta.

Ainda segundo a polícia, Jhonatan entrou na residência usando luvas e ainda tentou limpar a área do crime.

A vítima, Idelane do Nascimento Pestana, era filha de um sargento da Polícia Militar aposentado. O corpo dela foi levado para o Instituto Médico Legal de São Luís (IML).

Jhonatan foi conduzido para a Superintendência de Homicídios.

informações fornecidas pela Central de Notícias

SOBRE O AUTOR:

Comunicador e Jornalista formado pelo Centro Universitário do Maranhão.

DRT – 2083/MA

E-mail: sampaiowellyngton@gmail.com
Contato/ Whatsapp: (99) 98540-7358


Estamos no Instagram

Estamos no Facebook

Divulgue sua marca aqui

Publicidade

 

 

Publicidade