Homem que matou codoense com várias facadas no DF ainda tentou queimá-la viva

Ivonildo Joaquim dos Santos, de 44 anos, preso no último sábado (22) acusado de esfaquear e matar a facadas a ex-companheira Maria Ivonilde Abreu, codoense de 45 anos, na Feira dos Goianos, em Taguatinga (DF), ainda tentou queima-lá viva no quiosque onde a vítima trabalhava. Nesta segunda (24), sua prisão em flagrante foi convertida em preventiva.

O acusado chegou com álcool e fósforo, onde Maria Ivonilde percebeu sua ação, pulou do trailer para impedi-lo e acabou caindo. Na sequência, Ivonildo Joaquim aproveitou a situação para desferir um golpe de faca na vítima, que chegou a se levantar e sair correndo, mas acabou recebendo novos golpes. A conduta de Ivonildo foi classificada como de “extrema gravidade”, na ata da audiência de custódia.

Maria Ivonilde chegou a ser socorrida no local, mas não resistiu aos ferimentos e sofreu parada cardiorrespiratória. Ele tentou fugir depois do crime, mas foi submetido a uma tentativa de linchamento antes de ser preso pela Polícia Militar do Distrito Federal. Maria Ivonilde será levada, para Codó, sua cidade natal. O velório ocorrerá no povoado Bacabinha.

Há duas semanas, o preso descumpriu a medida protetiva que Maria possuía contra ele. Ivonildo foi detido pela PCDF dentro da casa da mulher. Ambos estavam separados há meses. Em seu depoimento, ele relatou que Maria terminou o relacionamento e pediu que ele frequentasse uma clínica de reabilitação para usuário de drogas.

Com informações Portal Meio Norte

WhatsApp

Entre e receba notícias do dia.

Canal WhatsApp

Entre em nosso canal no WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O AUTOR:

Comunicador e Jornalista formado pelo Centro Universitário do Maranhão.

DRT – 2083/MA

E-mail: sampaiowellyngton@gmail.com
Contato/ Whatsapp: (99) 98540-7358


Estamos no Instagram

Estamos no Facebook

Divulgue sua marca aqui

Publicidade

 

 

Publicidade